janeiro 31, 2008


“O homem está condenado a ser livre. Condenado porque não se criou a si próprio; e, no entanto livre, porque uma vez lançado ao mundo, é responsável por tudo quanto fizer” Jean- Paul Sartre (1964)


Recomeçar. O rito de passagem é muito significativo, pois nos coloca em contato com a nossa consciência, com a nossa capacidade reflexiva. Comecei com a frase de Sartre, do livro O Existencialismo é um humanismo, para lembrarmos da responsabilidade que temos na construção da nossa trajetória. A cada instante somos convocados a nos inventar. Disse Ponge em um belo artigo que “o homem é o futuro do homem”.

2 comentários:

frederico disse...

Oi Isabelle,

aqui eh o frederico borges. Vc nao deve lembrar, mas fui seu aluno semestre passado (NP, noite). Adicionei um link no meu blog: http://ssd666.blogspot.com/
Nada demais por la, apenas umas coisas que acho pela net e eventualmente algo do meu serviço.

abraço

Isabelle Anchieta de Melo disse...

Oi Frederico, acho ótimo esse intercâmbio entre blogs - uma forma de não perdermos o contato. Dou uma passada por lá. Bj